AS HIENAS ESTÃO À SOLTA: TEMPORADA 4 EXCLUSIVA! VERSÃO SÓ COM HIENAS CLIENTAIS

Pra quem não leu as primeiras temporadas de “As Hienas estão à solta”, explico que Hienas são frases bizarras, capturadas no dia a dia da agência na relação interna entre colegas e com seus parceiros externos.

Frases que, fora do contexto em que foram cometidas, parecem bobagens.
Outras, são bobagens em si, por elas mesmas. Enfim, as Hienas todas são tolices que divertem.

Pelo retorno que recebi no Blog, muita gente gostou e se viu retratada nas TEMPORADAS 1, 2 e 3 das Hienas (se alguém perdeu, vale a pena buscar no Blog).

Aqui começa a Quarta Temporada, que a Cris del Nero veio caçando na agência McCann-Erickson.

Com um detalhe: são Hienas apenas cometidas por Clientes, grandes geradores e inspiradores de Hienas.

“Esse meu produto está desislongazado.”

“Foram feitos 80% dos trabalhos, sendo que os 20% restantes equivalem a 50%.”

“Gente, pera aí, vocês não podem esquecer que os germes têm que ser sérios.”

“Isso é uma novidade inédita.”

“Isto foi só um preâmbulo introdutório.”

“Não dá pra fazer um anúncio de rodapé na vertical?”

“Quantos países tem no Universo?”

“Tem que parar com estas indas e vindas.”

“Vamos fazer uma semana de 10 dias.”

“Existe anjo brasileiro?”

“Isso não é uma hiena, eu só me enganei, foi um relapso.”

“Esta locução está muito pastel.”

“Esse filme do jogo do bicho tá selvagem demais.”

“Esse anúncio não fede nem arde.”

“De repente vamos descobrir que somos capazes de fazer muito mais coisas embaixo d’água do que já fazemos.”

“A gente pode colocar uns peixes, assim bem naturais, andando pra lá e pra cá.”

Eu sou uma pessoa incolor.”

“Afinal, a vaca é um ser humano muito gente, supersensível.”

“São trigêmeos? Qual é a idade de cada um?”

“Esse cachorro tem cara de ser uma pessoa viajada, sofisticada.”

O carro que vocês receberam está com roda, motor, essas coisas?

“Com relação a essa foto do peixe, não sei, não… Eu achei o peixe meio sem acting.”

“Para agilizar o trabalho, vocês poderiam primeiro filmar e depois criar.”

“Eu quero um plano de mídia pra não aparecer muito.”

“Nós não vamos vincular nada agora.”

“A casa precisa ser moderna e que interaja com os personagens.”

“Hoje em dia não se pode nem ser corno.”

“Para o target domiciliar, temos que ter pelo menos uma dona de casa, mesmo que não seja mulher.”

“É que assim na imagem, eu vi uma impressão visual, que me deu uma sensação ótica.”

“Quando você aprendeu a andar eu já tinha 18 anos, portanto, faço isso melhor que você.”

“O nosso diamante não é puro. É um diamante com dois chifrinhos, no norte e no sul.”

“Olha, os convites para o Réveillon vão ter descontos: por pessoa custa R$1.000,00 e por casal vai custar R$1.999,00.”

“Vamos nós dois como Voto de Minerva.”

“Minha vida deu uma virada de 360˚.”

“Eu não acho que D. Pedro I seja relevante para o nordeste.”

“Eu quero algo bem segmentado, mas que fale com todo mundo.”

“Ela era a primeira marca no mercado farmacêutico. Mas o Viagra subiu muito.”

“Isso é politicamente correto ou impoliticamente correto?”

“Queremos um coqueiro imitando o formato da árvore.”

“Planejem uma ação de merchandising no programa “Vale a pena ver de novo”, da Globo.”

 

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *